Eu estou com o
Papa Francisco:

Assine esta petição para apoiar a mensagem de oração do Papa Francisco para o mês de setembro. Una-se a católicos de todos os continentes para pedir por uma resposta ao coronavírus que abrace a partilha, não o saque.

Por que assinar essa petição?

Às vesperas do Tempo da Criação, o Papa Francisco lançou uma intenção de oração profunda para que os recursos do planeta não sejam saqueados, mas partilhados de forma justa e responsável. Ele reza para que hoje, não amanhã, cuidemos da Criação. A liderança do Papa Francisco pela emergência climática e o coronavírus é incomparável. Mas ele não pode fazer isso sozinho. É hora da comunidade católica global se mobilizar por essa mensagem.

Assine a Petição Católica por uma ação justa sobre a COVID e a Emergência Climática. Mostre ao papa e ao mundo que você se importa!

Por que isso importa?

Na resposta ao coronavírus, os governos investiram duas vezes mais dinheiro em combustíveis fósseis do que em combustíveis renováveis. Isso significa que o público está apoiando pagamentos recordes para CEOs e acionistas de combustíveis fósseis enquanto eles continuam a conduzir mudanças climáticas perigosas, ao invés de seu dinheiro de impostos ser investido em uma economia de energia renovável e justa que apoiaria os trabalhadores comuns e nossos filhos e filhas a longo prazo.

“Estamos espremendo os bens do planeta. Espremendo-os, como se fosse uma laranja.” Papa Francisco

Em sua intenção de oração, o Papa Francisco nos pede para abraçar a partilha, não o saque.  Em uma catequese recente, ele exortou os governos a não recuperar as indústrias que não acolhem os excluídos, não promovem os pequeninos, não cuidam do bem comum nem do cuidado com a criação.

Financiar essas empresas para que continuem normalmente seus negócios não deve fazer parte de uma resposta ao coronavírus. Os combustíveis fósseis são uma das principais causas das mudanças climáticas, aumentando nosso risco de doenças, fome e instabilidade econômica. Pior ainda, as empresas de combustíveis fósseis e outras indústrias extrativas estão escapando com atividades ultrajantes no Sul global, destruindo comunidades e ecossistemas com suas operações de uma forma que nunca poderiam fazer em seus países de origem. O Papa Francisco está defendendo o que é certo.

Assine a Petição Católica e vamos proteger os bens do planeta para que não sejam saqueados, mas partilhados de forma justa e respeitosa.

Hoje, apoie o Papa Francisco e exija uma ação justa sobre a COVID e a Emergência Climática, assine a petição

Eu estou com o Papa Francisco:
uma resposta ao coronavírus deve abraçar a ‘partilha’, não o ‘saque’.

Petição:

O coronavírus deixou milhões de pessoas mais doentes, pobres e famintas. Também tem mostrado o quão longe estamos de realmente cuidar dos “mais pequeninos.”

Neste momento extraordinário, as grandes empresas estão aproveitando a oportunidade de ganhar enormes subsídios governamentais. Corporações de combustíveis fósseis, consórcios de mineração e grandes agronegócios estão usando este momento de crise para consolidar sua posição na economia para os próximos anos. Se tiverem sucesso, eles continuarão a semear destruição, sofrimento e caos climático muito além dos portões de seus escritórios.

O Papa Francisco acaba de denunciar essas corporações que estão “saqueando” e “espremendo os bens do planeta.” Apoiamos o Papa Francisco e pedimos aos governos que controlem as grandes corporações que exploram as comunidades pobres e a casa comum que compartilhamos. Papa Francisco disse, “que escândalo seria se toda a assistência econômica . . . se concentrasse no resgate das indústrias que não contribuem para a inclusão dos excluídos, para a promoção dos últimos, para o bem comum ou para o cuidado da criação. [Estes] São critérios para escolher quais são as indústrias a serem ajudadas . . . Quatro critérios.”

Em vez de apoiar uma economia doentia e destrutiva, agora é o momento de fazer uma transição justa para uma economia de energia renovável e saudável. Agora, mais do que nunca, precisamos de economias que proporcionem novas oportunidades a todos nós, economias que protejam a casa comum que compartilhamos.

Junto com o Papa Francisco, oramos para que as grandes empresas, particularmente no norte global, se arrependam de sua destruição e comecem a pagar a dívida ecológica que é devida às nossas irmãs e irmãos mais pobres, principalmente no sul global.

À medida que os governos investem na recuperação do coronavírus, oramos fervorosamente para que estejam ao lado de Davi, e não de Golias. Como disse o Papa em sua mensagem: “Não ao saque, sim à partilha”.

 

Mostre o seu apoio. Assine agora.

Ajude-nos a reunir o máximo de assinaturas possível até 18 de novembro. Juntos, mostraremos ao Papa Francisco que estamos por trás de sua visão para uma nova economia. De 19 a 20 de novembro, a convite do Papa Francisco, jovens católicos de todo o mundo foram convidados pelo Papa para se reunir em uma conferência online de três dias, deliberando e celebrando a ‘Economia de Francisco’. Por meio desta petição, católicos de todo o mundo podem mostrar seu apoio a essa visão. Durante o evento ‘Economia de Francisco’, a petição será entregue ao Papa e aos jovens participantes por ocasião da conferência.

Ao assinar, você também pode saber mais sobre como os católicos estão demonstrando liderança na ação climática.

Assine a Petição Católica e convide mais católicos para apoiar o Papa Francisco

As assinaturas serão coletadas nos próximos meses e serão usadas em momentos internacionais importantes para demonstrar a preocupação católica global por ação justa frente à crise do COVID e do clima. Inscreva-se para saber mais sobre como os católicos estão demonstrando liderança e para se manter informado/a sobre a campanha e como você pode se envolver. Assinar a petição